HOME
TREINAMENTO
FISIOLOGIA
AVALIAÇÃO FÍSICA
NUTRIÇÃO
BIOMECÂNICA
TÉCNICO-TÁTICO
ARTIGOS
FOTOS
DEPOIMENTOS
CURRÍCULO
LINKS
VÍDEOS
CONTATO
" Vai dar tudo certo, se a gente colocar a nossa fé em ação...
Zezé e Luciano
Você é nosso Visitante
 
 
 
 
 
• Avaliação Física
   » (10/02/2013)  Soocer Test
   Definicao e todas as informacoes sobre o soocer test.

   » (08/07/2009)  Testes aplicados ao Futebol
   Conceitos e definições

   » (28/02/2009)  Teste de uma repatição máxima
   Todos os passos e procedimentos do referido teste





TESTE DE UMA REPETIÇÃO MÁXIMA
BASEADO NA ESCALA RASO(*
)


Passos Procedimento
1 Alongamento dos principais grupos musculares envolvidos
na tarefa
2
Execução de uma série de 8 a 12 repetições com
sobrecarga (SC) entre 40% a 60% 1-RMe ou com escore
entre 4 e 6 na Escala RASO, como aquecimento
3 Intervalo de 3 minutos; a SC é duplicada (4) ou triplicada
(< 4), dependendo do escore na tentativa anterior
4
Intervalo de 3 a 5 minutos; a SC é incrementada em metade
do valor restante para alcançar o 1-RMe, isto é, caso o
avaliado tenha executado o exercício flexão do cotovelo
com 20Kg e tenha concedido escore 6 na PSE, significa que
ainda restam mais 40% de SC para que se atinja o 1-RM,
que no caso seria de 33 Kg. Portanto, a SC será aumentada
em 6,5 Kg para segurança (subestimativa) e se evite riscos
de lesões;
5
Intervalo de 3 a 5 minutos; o procedimento do passo
anterior deve ser adotado até que o avaliado consiga
executar de forma completa e bem-sucedida uma única
repetição com a maior sobrecarga possível, e que ainda
não seja possível incrementar posteriormente a SC. O
escore na escala RASO deve ser 10.
(*) verifique os escores da Escala RASO na tabela abaixo



DOWNLOADS


ESCALA “RASO” DE PERCEPÇÃO SUBJETIVA DE
ESFORÇO EM EXERCÍCIOS COM PESOS


NÚMERO
(ADAPTAÇÃO DECIMAL)
INTENSIDADE DO ESFORÇO PERCEBIDO
0
1
E x t r e m a m e n t e l e v e
2
M u i t o l e v e
3
4
L e v e
5
6
7
U m p o u c o p e s a d o
8 P e s a d o
9 M u i t o p e s a d o
10 E x t r e m a m e n t e p e s a d o

Raso V, Matsudo SMM, Matsudo VKR, Rev. Brasileira de Ciências do Esporte 2002; 23: 81-90

Página 2 de 2


   » (14/10/2008)  Calculos básicos para avaliar a potência muscular.
   Cálculos que facilitam a mensuração da potência muscular.

VELOCIDADE: Distância/Tempo
ACELERAÇÃO: Velocidade/Tempo
FORÇA: Peso/Aceleração
POTÊNCIA: Forç/Velocidade.
   » (13/10/2008)  RAST TEST (1)
   Todas as informações necessárias sobre o teste.

   » (13/10/2008)  RAST TEST (2)
   Protocolo do teste, cálculos e interpretação de resultados.

   » (14/08/2008)  Shuttle Run Test (vai e vem 20m.)
   Avaliação da capacidade cárdiorespiratória.

1
Emilio Cesar Macuco, Msd
VALIDITY OF THE MAXIMAL
MULTISTAGE 20m SHUTTLE RUN
TEST
Maria de Fátima da Silva Duarte
Carlos Roberto Duarte
Emilio Cesar Macuco, Msd
INTRODUÇÃO
�� A capacidade cardiorespiratória tem sido
considerada uma das mais importantes
variáveis dentre os componentes que
caracterizam a aptidão física.
�� Aplicação de vários testes:
– Diretos (mais precisos)
– Indiretos (erro de predição entre 10 e 20%)
Emilio Cesar Macuco, Msd
OBJETIVO
�� Determinar a validade concorrente do teste
aeróbio de corrida de Vai-e-Vem de 20m.,
como indicador do consumo máximo de
oxigênio, em uma amostra de indivíduos
adultos, de ambos os gêneros
Emilio Cesar Macuco, Msd
METODOLOGIA
�� Realizado o teste de esforço em
laboratório, controlando as variáveis
possíveis:
– Massa corporal;
– Estatura;
– P.A.;
– F.C. em repouso, em esforço e na
recuperação;
Emilio Cesar Macuco, Msd
METODOLOGIA
�� Durante o teste na esteira colhiam-se
informações sobre o VO2 a cada 30
segundos além da P.A.; F.C.; volume
expiratório e quociente respiratório.
Emilio Cesar Macuco, Msd
METODOLOGIA
�� Após 10 dias os avaliados retornaram para
realizar o teste aeróbio de corrida de vai-e-vem
20m.
�� Materiais:
– Quadra, ou terreno plano com mínimo de 25m.;
– Equipamento de som;
– Cones;
– Monitores de freqüência cardíaca;
– Cronômetro.
2
Emilio Cesar Macuco, Msd
METODOLOGIA
�� Realização do teste
– O teste consiste nos avaliados deslocar-se em
um percurso de 20 metros de ida e 20 metros
de volta, tocando a linha limite deste percurso
simultaneamente ao sinal sonoro emitido pelo
CD;
Emilio Cesar Macuco, Msd
METODOLOGIA
�� Intensidade do teste
– a velocidade inicial será de 8,5 Km/h, sendo
aumentada em 0,5Km/h ao final de cada
estágio de 1 minuto.
– Em cada estágio são realizadas de 7 a 15 idas
e vindas de 20 metros;
Emilio Cesar Macuco, Msd
METODOLOGIA
�� Formas de eliminação:
– Para caracterizar que um avaliado estará fora
do teste, esse não deverá estar mais
acompanhando o ritmo imposto pelo CD, ou
seja, estará em atraso em relação ao teste
chegando à linha que demarca os 20 metros
após o sinal sonoro.
– O último estágio atingido deve ser anotado
para se obter o VO2 em ml/Kg/min.
Emilio Cesar Macuco, Msd
METODOLOGIA
�� Tipos de irregularidades:
1. Não atingir ao sinal sonoro a distância de 20m;
2. Iniciar novo percurso antes do sinal sonoro;
3. Não estar dentro da área de escape ao toque do
sinal sonoro.
Emilio Cesar Macuco, Msd
ESPECIFICAÇÕES PARA
REALIZAÇÃO DO TESTE
20 metros
2 metros 2 metros
X
X
X
X
X
X
EQUIPAMENTO DE SOM
Emilio Cesar Macuco, Msd
ESPECIFICAÇÕES PARA
REALIZAÇÃO DO TESTE
9 12,5 5,760 10
8 12,0 6,000 10
7 11,5 6,261 10
6 11,0 6,545 9
5 10,5 6,858 9
4 10,0 7,200 8
3 9,5 7,579 8
2 9,0 8,000 8
1 8,5 9,000 7
Tempo entre os Nº de idas e vindas
bips (por s)
ESTÁGIOS VEL. (Km/h)
3
Emilio Cesar Macuco, Msd
Nº de idas e
vindas
Tempo entre os
bips (por s)
VEL. ESTÁGIOS (Km/h)
10 13,0 5,538 11
21 18,5 3,892 15
20 18,0 4,000 15
19 17,5 4,114 15
18 17,0 4,235 14
17 16,5 4,364 14
16 16,0 4,500 13
15 15,5 4,645 13
14 15,0 4,800 13
13 14,5 4,966 12
12 14,0 5,143 12
11 13,5 5,333 11
Emilio Cesar Macuco, Msd
Equações de predição do VO2 máx. em
ml/kg/min no teste aeróbio de corrida de Vaie-
vem de 20m
�� Pessoas de 6 a 18 anos:
Y= 31,025 + 3,238 X – 3,248 A + 0,1536 AX
�� Pessoas de 18 anos ou mais
Y= -24,4 + 6,0 X
Onde Y= VO2 máx em ml/kg/min; X= velocidade em km/h (no estágio
atingido); A= idade em anos
Emilio Cesar Macuco, Msd
ATIVIDADE PRÁTICA
�� Deslocar até a quadra;
�� Em grupos de n indivíduos;
�� Todos deverão realizar o teste;
�� Um grupo realiza o teste enquanto o outro
toma nota da F.C. ao final de cada estágio;
�� De posse dos resultados, plotar um gráfico
de F.C por estágio de teste.
Emilio Cesar Macuco, Msd
EXEMPLO DE GRÁFICO
Frequência Cardíaca por Estágios
40
50
60
70
80
90
100
110
120
130
140
150
160
170
F.c.rep
est.1
est. 2
est.3
est.4
est.5
est.6
est.7
est.8
est.9
est.10
F.C rec
Estágios
Frequência Cardíaca
   » (14/08/2008)  Teste de Leger (Protocolo)
   Para avaliar a potência aeróbia dos atletas

   » (22/05/2008)  Yo Yo Teste de Recuperação Intermitente
   Avaliação que determina a capacidade aeróbia de jogadores de Futebol.

YoYo Teste de Recuperação Intermitente

Avaliação que determina a capacidade aeróbica de jogadores de futebol. Como citado em outras postagens devemos aplicar testes que sejam específicos para o futebol. Por isso vamos falar de um teste que tem grande aceitação e validação no meio científifo, o yoyo tet de recuperação intermitente.O yoyo RI se trata de um teste de ida e volta de característica intermitente (como o futebol). Consiste na realização de dois percursos(ida e volta) num espaço previamente demarcado de 20m. O teste avalia a capacidade de um jogador efetuar repetidas vezes, esforço de alta intensidade, com ações que variam inicialmente de 15 segundos podendo chegar a 5 segundos. A cada percurso de ida e volta existe um período de recuperação de 10 segundos (fixos até o final da prova). Essa prova é extremamente útil para o futebol onde a capacidade de relizar um esforço depois de períodos curtos de recuperação pode ser decisiva para o rendimento durante a competição. O yoyo RI pode dura de 6 a 20 minutos e o protocolo foi desenvolvido por Jean bangsbo em 1996. Nesse teste o atleta tentará realizar o maior número de idas e voltas possíveis (2X20) respeitando a velocidade de corrida que é indicada mediante um sinal sonoro emitido por um CD. O atleta será eliminado quando pela segunda vez consecutiva não consiga alcançar as marcas indicadas coincidindo com o sinal acústico, devido ao desgaste físico. O rendimento se dará pelo número de metros alcançado na prova.




Vamos entender como se realiza a prova:






Para a realização da prova é preciso dispor dos seguintes materiais: aparelho reprodutor de som, CD(áudio) com os sinais sonoros, cones para marcação das linhas e folhas de anotação para acompanhamento dos trajetos de 20m completados (estágios). O Atleta mediante velocida estabelecida pelos sinais sonoros percore 20m(ida) e mais 20m(volta), completando isso o atleta terá 10 segundos de descanso até que o sinal indique o recomeço do percursso. A cada estágio a velocidade de corrida é aumentada. Isso se repetirá até a exaustão do atleta.

   » (13/05/2008)  Avaliações Física para Atletas de Futebol
   Para avaliar a verdadeira eficiência de um atleta em determinadas tarefas, sugerimos alguns testes de maneira prática.

AVALIAÇÕES FÍSICAS PARA ATLETAS DE FUTEBOL
Marcos Antonio Chioquetta

Para avaliar a verdadeira eficiência de um atleta em determinadas situações e tarefas, sugerimos alguns testes de maneira objetiva e prática.
Os testes a seguir aplicam-se a atletas profissionais de Futebol de Campo exclusivamente, e os respectivos testes sugeridos neste artigo, têm prioridade a atletas dos mais variados níveis. Servem para a aferição e controle da condição física dos atletas, permitindo o acompanhamento da evolução dos mesmo. Desta maneira, o Preparador Físico poderá ter em suas mãos um número grande de informações, a fim de nortear seu trabalho durante toda a temporada.
Não é correto afirmar e nem pensar que a avaliação é o momento final do julgamento, e sim um meio para observar-mos o progresso do nosso atleta.
A avaliação visa atingir vários objetivos, como por exemplo: Classificar os atletas, verificar melhora de rendimento, observar deficiências, motivar os atletas a melhorar suas performances. Também podem ser usadas como guia para determinar se o treinamento está indo de encontro aos objetivos traçados no planejamento. Para as referidas avaliações indicamos um teste para cada Valência Física.
As características que irão nortear os testes a serem realizados serão as seguintes:
- Validade;
- Fidedignidade;
- Objetividade.

AVALIAÇÕES PROPOSTAS:


Antroprometria
- Peso (Balança)
- Estatura (Estadiômetro)
- Diâmetros ósseos (Paquímetro) e
- Perímetros/Circunferências (Trena).

Composição Corporal
- Protocolo de Guedes
- Protocolo de Pollock
- Dobras Cutâneas


Avaliações Cárdio Pulmonar
Testes
*Resistência Aeróbica: Teste de corrida 12 minutos (Cooper), Teste de Leger, YO-YO Test e Teste de Margaria (Teste de 2400 metros).
*Resistência Anaeróbica: Teste de Corrida de 40 seg. (Matsudo), Rast Test (Running Anaerobic Sprint Test).

Avaliações Neuromusculares
Testes
*Resistência Muscular Localizada: Teste de Repetições Máximas.
*Força Explosiva: Teste de Saltos (Potência de pernas), Jump Test (Salto vertical) e Lançamento de medicine bool (Potência de membros superiores).
*Força Dinâmica: Teste de Peso Máximo 1 RM.
*Força Estática: Teste de Tempo Máximo de Concentração em Suspensão na Barra (Res. de Força Isométrica).
*Flexibilidade: Flexitest (Gil) e Teste de Sentar e Alcançar de Wells.

Avaliações de Habilidade Motora
Testes
* Agilidade: Burpee Test e Corrida de vai-e-vem.
* Velocidade de Movimento: Teste de corrida de 10,30 e 50 metros e Teste de corrida de 6 segundos.
* Velocidade de Reação: Teste de Tempo de Reação.


© Copyright 2008 Marcos Chioquetta. Todos os direitos reservados.